Minha Querida Amiga

«Ama Jesus. Sê sua amiga. Consola-O, não lhe negues nada. Dá-Lhe tudo o que possas. Imita-O em tudo. Sobretudo vive com Ele no íntimo da tua alma, adora-O e mama-O aí.

Peço-te especialmente que faças meditação. Ela consiste em olhar Nosso Senhor quando andava aqui na terra, ver como é que Ele agia e agirmos nós como Ele. Há outro modo de oração que julgo ser mais simples: falar com Nosso Senhor como se fala com um amigo, pedir-Lhe os seus conselhos, prometer-Lhe que não O ofenderás, dizer-lhe que O amas,… Marca o tempo para a oração quer sejam 10 ou 15 minutos, conforme queiras mas tem sempre atenção à presença de Nosso Senhor no teu interior; faz o mesmo quando comungares: poderás também convidar para a tua “casita” a santíssima Virgem; a ela contarás todas as tuas coisas e lhe pedirás que te guarde.

Ainda que estejamos ocupadas exteriormente, guardemos silêncio interior, isto é, não consintamos nenhum pensamento alheio a essa adoração. Vivamos sempre na presença de Deus.

Rezo muito para que conheças e ames a Deus. Não penses que para isso tens de ser monja. Não, no mundo há almas que O amam e O servem. A piedade é manifestação do nosso amor filial para com Deus. Sê piedosa tanto com Nosso Senhor como com o teu próximo.

Prepara-te para o Natal. Pensa todos os dias no Menino Jesus que, sendo Deus Eterno, nasce como um terno Menino; sendo Todo-poderoso, nasce pobre, sem ter com que se resguardar do frio. Envio-te uma lista para que Lhe prepares um enxoval e quando me escrevas, dir-me-ás se o fizeste:

Camisinhas para o proteger do frio: cinco actos de amor diários e desejos de O receber na comunhão: “Meu Jesus, vem ao meu pobre coração, que só deseja bater por ti.”

Mantinhas para envolver os seus pezinhos: como Ele não pode andar, tu praticarás a caridade com todos, sacrificando-te e renunciando à tua comodidade.

Faixas para o apertar: não resmungarás quando te mandem fazer algo que não gostes, faz tudo como te dizem.

Touquinha: estudar e fazer tudo por Jesus, pensando no seu amor.

Presépio: não ficar na cama; ir à missa e comungar.

Palhitas: fazer algum acto de renúncia: como privar-te de um doce ou comer o que não gostas.

Faz tudo por amor a Jesus.

Pensa que é Deus, o Ser único necessário, o Ser que não necessita de ninguém para existir, o Ser que contém em Si a Sua própria felicidade, a sua própria beatitude… E, no entanto, busca-te a ti, deixa de lado os Anjos e milhões de pessoas para entrar na tua alma, para consumar em ti a união mais íntima, para te converter em Deus, para te alimentar da vida da graça com a qual podes conseguir o céu.

Teresa de Jesus dos Andes