Em Tempo de Páscoa a família em missão

«O mundo está em chamas! Sentes-te impelido a apagá-las? Contempla a Cruz. Desde o Coração aberto jorra o sangue do Salvador. Ele apaga todas as chamas e cura todas as doenças. Olha o Crucificado. Se estás unida a Ele, no fiel cumprimento do teu dever, é o teu sangue unido ao Seu o que se derrama. Unida a Ele, és como Ele omnipresente. O Amor misericordioso, o Amor do Coração Divino, leva-te a todas as partes onde é derramado o Seu sangue precioso, suavizante, santificante, salvador». (Santa Teresa Benedita da Cruz|Edith Stein – Os caminhos do Silêncio interior)

Vamos viver este momento como uma missão, a missão de curarmos um doente. Nós não somos médicos, nem enfermeiros, mas somos cristãos e unidos a Cristo e invocando a Sua presença e a Sua força salvadora, nós podemos ajudar os médicos e enfermeiros, podemos salvar muitas vidas.

Jesus disse que onde estivessem dois ou três reunidos em seu nome, Ele estaria no meio deles. Vamos assumir esta missão como uma missão da nossa família, assim seremos dois ou três e teremos a certeza que Jesus está no meio de nós, a rezar connosco e a dar força à nossa oração. Juntamo-nos em família e rezamos o terço pela cura dum doente, não sabemos o seu nome, nem conhecemos o seu rosto, mas vamos sentir alegria de estar a salvar uma vida, sentir a alegria da nossa família estar a dar a vida a alguém, que só no céu conheceremos. E como será bonito quando estivermos todos no céu e alguém se aproximar de nós e disser: “obrigado porque pela tua oração salvaste-me a vida”. Então saberemos que valeu a pena rezar pelos outros. Valeu e Vale sempre a pena rezar pelos outros! Rezar pelo outro é amá-lo. Não com o nosso amor que é muito pequeno mas com um amor grande, o amor de Deus. Rezar pelo outro é amar como Deus ama.

O único necessário é avivarmos a nossa fé e colocarmos a intenção de salvar uma pessoa e certamente Deus vai salvar uma pessoa através da nossa oração. E quanto mais confiança e fé tivermos mais depressa a pessoa se curará. A oração tem o poder de curar, nós que estamos em casa podemos curar e salvar muita gente, basta que tenhamos fé e o peçamos a Jesus.

Este é o desafio que agora temos por diante:   

Em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo. Amen.

1º Mistério – «Senhor, aquele a quem tu amas está doente»

«Senhor, aquele que amas está doente.»Ouvindo isto, Jesus disse: «Esta doença não é de morte, mas sim para a glória de Deus, manifestando-se por ela a glória do Filho de Deus.» (Jo 11,3-4)

1 – Pai-Nosso

10 – Avé Maria

1 – Glória

Invocação – Senhor, aquele por quem rezamos está doente.

2º Mistério – «Senhor, se quiseres podes curar-me»

«Senhor, se quiseres, podes curar-me.» Jesus estendeu a mão e tocou-o, dizendo: «Quero, fica curado!» No mesmo instante, ficou curado. (Mt 8, 2-3)

1 – Pai-Nosso

10 – Avé Maria

1 – Glória

Invocação – Senhor, se quiseres podes curar aquele por quem rezamos.

3º Mistério – «Senhor, diz uma palavra e Ele será curado»

«Senhor, o meu servo jaz em casa, sofrendo horrivelmente.» Disse-lhe Jesus:«Eu irei curá-lo.» Respondeu-lhe o centurião:«Senhor, eu não sou digno de que entres debaixo do meu tecto; mas diz uma só palavra e o meu servo será curado». (Mt 8, 6-8)

1 – Pai-Nosso

10 – Avé Maria

1 – Glória

Invocação – Senhor diz uma palavra e o doente por quem rezamos será curado.

4º Mistério – «Senhor, vem impor-lhe a Tua mão e viverá»

««Minha filha acaba de morrer, mas vem impor-lhe a tua mão e viverá.» Jesus, levantando-se, seguiu-o com os discípulos. (…) ao aproximar-se da casa disse: a menina não está morta: dorme.» Mas riam-se dele. Retirada a multidão, Jesus entrou, tomou a mão da menina e ela ergueu-se.» (Mt 9, 18; 24-25)

1 – Pai-Nosso

10 – Avé Maria

1 – Glória

Invocação – Senhor, vem impor a mão sobre o doente e ele viverá.

5ª Mistério – «Acreditais que eu posso fazer o que pedis?»

«Ao sair dali, seguiram-no dois cegos, gritando: «Filho de David, tem misericórdia de nós!» 28Ao chegar a casa, os cegos aproximaram-se dele, e Jesus disse-lhes: «Acreditais que tenho poder para fazer o que pedis?» Responderam-lhe: «Acreditamos, Senhor!» 29Então, tocou-lhes nos olhos, dizendo: «Seja-vos feito segundo a vossa fé.» (Mt 9, 27-29)

1 – Pai-Nosso

10 – Avé Maria

1 – Glória

Invocação – Senhor nós acreditamos que tu podes curar os doentes.

3 Avé Marias

Invocação – Nossa Senhora da Saúde, rogai por nós.

Avé Maria

Invocação – Mãe de toda a Humanidade e Rainha universal, rogai por nós.

Avé Maria

Invocação – Consoladora dos aflitos e Auxílio dos Cristãos, rogai por nós.

Avé Maria

Salvé Rainha

Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve! A vós bradamos os degradados filhos de Eva. A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei. E depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto de vosso ventre. Ó clemente ! ó piedosa ! ó doce sempre Virgem Maria! V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus. R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.

Oração do Papa Francisco

Oração a Maria

«À vossa proteção nos acolhemos, Santa Mãe de Deus».

Na dramática situação atual, cheia de sofrimentos e angústias que afligem o mundo inteiro, recorremos a Vós, Mãe de Deus e nossa Mãe, e procuramos refúgio sob a vossa proteção.

Ó Virgem Maria, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos nesta pandemia do coronavírus e confortai os que se sentem desorientados e choram pela perda dos seus entes queridos, por vezes sepultados de um modo que fere a alma. Amparai os que estão angustiados pelas pessoas doentes de que não se podem aproximar para evitar o contágio. Infundi confiança em quem vive inquieto por um futuro incerto e pelas consequências na economia e no emprego.

Mãe de Deus e nossa Mãe, rogai por nós a Deus, Pai de misericórdia, que esta dura provação termine e que de novo se abra um horizonte de esperança e paz. Como em Caná, intercedei junto do vosso Divino Filho, pedindo-Lhe que conforte as famílias dos doentes e das vítimas e abra o seu coração à confiança.

Protegei os médicos, os enfermeiros e enfermeiras, os outros profissionais de saúde, os voluntários que neste período de emergência estão na linha da frente arriscando a própria vida para salvar outras vidas. Acompanhai o seu esforço heroico e dai-lhes força, bondade e saúde.

Permanecei ao lado daqueles que assistem os doentes, noite e dia, e dos sacerdotes que procuram ajudar e amparar a todos, com solicitude pastoral e dedicação evangélica.

Virgem Santa, iluminai a inteligência dos homens e mulheres de ciência, a fim de encontrarem as soluções certas para vencer este vírus.

Assisti os responsáveis das nações, para que atuem com sabedoria, solicitude e generosidade, socorrendo quem não tem o necessário para viver, programando soluções sociais e económicas de largo alcance, com espírito de solidariedade.

Maria Santíssima tocai as consciências para que as desmedidas somas de dinheiro gastas para aumentar e aperfeiçoar armamentos sejam, antes, destinadas à promoção de estudos adequados para prevenir futuras catástrofes como esta.

Mãe amantíssima, fazei crescer no mundo o sentido de pertença a uma única grande família, na consciência do vínculo que a todos nos une, para acudirmos, com espírito fraterno e solidário, às inúmeras formas de pobreza e situações de miséria. Encorajai a firmeza na fé, a perseverança no serviço, a constância na oração.

Ó Maria, Consoladora dos aflitos, abraçai a todos os vossos filhos atribulados e fazei com que Deus Ele intervenha com a sua mão omnipotente para nos libertar desta terrível epidemia, de modo que a vida possa retomar com serenidade o seu curso normal.

Confiamo-nos a Vós, que resplandeceis sobre o nosso caminho como sinal de salvação e de esperança, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria. Amen.