Quanto a saber dizer o que é a oração, não é outra coisa, senão tratar de amizade, estando muitas vezes a sós com Quem sabemos que nos ama. Quando a alma ora tem amorosa conversação nada menos que com Deus, pelo que é bom que advirta e considere muito com quem está e quem é ela e o que é que diz, porque senão é assim, não lhe chamo eu oração por muito que meneie os lábios. Não basta recitar formulas aprendidas, como podem fazer esses pássaros que repetem o que ouvem,  mas sem entender o que dizem.

Na nossa relação com Ele não está a coisa em pensar muito mas em amar muito. Assim, o que mais despertar a amar, isso fazei. E não necessitamos de palavras rebuscadas nem de elegantes raciocínios, senão que temos de falar ao coração do nosso Esposo com humildade e simplicidade. Espanta-me a humildade deste grande Imperador, que ama alguém como eu e me acolhe em sua companhia, fazendo-me dos da Sua casa. Senhor meu e Deus meu, que grandes são Vossas grandezas!